Rod. Vereador Admar Bertolli, 6159 - Almirante Tamandaré - PR (41) 3355-5600

Quais são os materiais que podem ser reciclados?

Gostou? compartilhe!

Quais são os materiais que podem ser reciclados?

 

Quais são os materiais que podem ser reciclados?

14 de março de 20186 de abril de 2018

Papel, plástico, metal e vidro. É importante lembrar que todos esses itens não devem conter nenhum tipo de resíduo orgânico para garantir a qualidade do produto. Quanto maior a qualidade, maior o valor comercial.

 

Todas as variações destes materiais podem ser recicladas?

Não. Para cada tipo de material existem algumas exceções. Confira a seguir o que realmente pode e o que não pode ser reciclado referente a cada tipo de material.

 

Metal

Reciclagem de metal

A reciclagem do metal evita a retirada de minérios do solo, minimizando o impacto ambiental acarretado pela atividade mineradora, além de reduzir em muito o volume de água e energia necessárias para a produção de novos artigos. Esse princípio vale para todos os tipos de metal, entretanto há maior interesse reciclador na indústria produtora de embalagens de alumínio, o que determina aumento no valor de venda deste material. Por esse motivo, o Brasil é atualmente um dos campeões mundiais na reciclagem de alumínio, recolhido na sua maior parte por catadores autônomos, que reviram os sacos de lixo da população em busca do material para revenda.

Metais que podem ser reciclados: Latas de bebidas e alimentos, tampas de recipientes de vidro, latas de biscoito, bandejas e panelas, ferragens, grampos, fios elétricos, chapas, embalagens de marmitex, alumínio, cobre, aço e latas de produtos de limpeza.
Metais que NÃO podem ser reciclados: Latas de aerossóis, latas de tinta, pilhas, latas de inseticida e latas de pesticida.

Estima-se que o Brasil perde mais de US$ 4 bilhões por ano por não aproveitar todo o material reciclável.

 

Papel

Reciclagem de papel

A reciclagem do papel se torna um processo importante tanto pela preservação das árvores e diminuição dos problemas ambientais causados pela fabricação de papéis novos, quanto pelo aproveitamento dos papéis já utilizados que seriam jogados fora poluindo o meio ambiente.
Com o papel reciclado também pode ser feito o artesanato. Atualmente, existem vários artesãos trabalhando com esta técnica em pequenas oficinas caseiras, produzindo além de papéis personalizados, objetos decorativos e utilitários, que são criativos, diferentes e o que é melhor: geram renda.

Papéis que podem ser reciclados: Jornais, papéis de computador, sacos de papel, papéis de escritório e cadernos.
Papéis que NÃO podem ser reciclados: Papéis engordurados, carbonos, celofanes; papéis plastificados e papéis parafinados (fax).

 

Plástico

Reciclagem de plástico

O plástico é um material proveniente de resinas geralmente sintéticas e derivadas do petróleo. Com a reciclagem de plásticos poupa-se a extração de combustíveis fósseis que são esgotáveis. Ambientalmente o uso do plástico é considerado problemático pela sua alta durabilidade e grande volume na composição total do lixo.
Quando depositados em lixões, apresentam risco pela queima indevida e sem controle, que pode resultar em emanações tóxicas na atmosfera.

Quando colocado em aterros sanitários, esse material dificulta a compactação do material e prejudica a decomposição dos elementos biologicamente degradáveis.

Plásticos que podem ser reciclados: Embalagens de alimentos, embalagens de produtos de beleza, embalagens de produtos de limpeza, tampas, brinquedos, peças plásticas, canetas esferográficas, escovas de dente, baldes e artigos de cozinha.

Plásticos que NÃO podem ser reciclados: Celofanes, embalagens a vácuo, fraldas descartáveis, adesivos, embalagens engorduradas e siliconados.

 

Vidro

Reciclagem de vidro

O vidro é um produto inorgânico que possui características modernas e versáteis, permitindo total liberdade de utilização, sendo a única matéria prima 100% reciclável. A reciclagem do vidro vem se tornando uma prática em nossa sociedade. Atualmente, o Brasil já recicla suas embalagens produzidas, mas ainda é um número muito baixo se comparado a outros países.

Assim como outros materiais se for rejeitado junto com outros resíduos, o vidro não se aproveita e nem se decompõe.

No entanto, a sua reciclagem é simples. A fabricação de uma tonelada de vidro reciclado evita a extração de uma tonelada de areia. Além disto, gasta-se menos de 32% de energia, 50% de água e evita em 20% a poluição atmosférica inerente ao processo de fabricação.

Vidros que podem ser reciclados: Copos, frascos de remédio, jarras, garrafas e vidros coloridos.
Vidros que NÃO podem ser reciclados: Vidros de automóvel, vidros de janelas, pirex, espelhos, tubos de TV, lâmpadas, óculos, cristais, ampolas de medicamentos, vidros temperados planos ou de utensílios domésticos.

FONTE: https://limpaforte.com.br/2018/02/15/separe-o-lixo-da-sua-casa-corretamente/

 



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Sanetran Whatsapp Sanetran